Manuel Machado: "Laços afetivos dificultaram saída"

Manuel Machado: "Laços afetivos dificultaram saída"

Manuel Machado disse esta quinta-feira que os "laços afetivos" criados no Nacional da Madeira atrasaram a sua saída do comando técnico da equipa, a qual foi consumada esta quarta-feira.

"Quando se está um ano num clube, há um vínculo profissional. Agora, quando se tem uma ligação que começou em 2004, ainda que com alguns interregnos, é certo, criam-se laços afetivos que fazem que com que exista um desconforto pelo término do contrato de trabalho e existe uma maior dificuldade na saída por causa desse lado afetivo", afirmou o treinador, no dia após ter sido conhecida a sua saída do comando técnico do Nacional da Madeira.

"É um ciclo que se fecha", refere o treinador, no fim da sua terceira passagem pelo clube da Choupana. Manuel Machado foi substituído por Jokanovic. O sérvio, de 48 anos, regressa, assim, ao clube onde iniciou a carreira de treinador e terminou a de jogador.