Sá Pinto: "Não consigo entender. Provavelmente foi culpa minha"

Sá Pinto: "Não consigo entender. Provavelmente foi culpa minha"
Redação com Lusa

Tópicos

Declarações do treinador do Moreirense, no final do encontro com o Portimonense (1-0), referente à 31ª jornada da Liga Bwin

O que faltou: "Faltou tudo. Fiquei muito dececionado com o nosso jogo, não estava à espera de uma prestação assim. A nível defensivo, fomos muito permissivos, não fomos aquela equipa guerreira, com alma, organizada, que quer ficar na Liga Bwin, que sabia o que era jogar este jogo, que era mais do que uma final. Não consigo entender. Provavelmente foi culpa minha, que não os soube motivar, apesar de achar que, para este jogo, não é preciso motivar a equipa, porque eles têm demonstrado caráter e coisas boas. Hoje não fomos a equipa de que estava à espera e fiquei dececionado principalmente com isso, com o comportamento."

Diferenças entre as duas partes: "Com bola, estivemos muito intranquilos, nunca soubemos ligar bem o jogo, ter calma, descobrir os melhores espaços para desequilibrar o adversário. A primeira parte foi muito má, da nossa parte. Na segunda, melhorámos, com algumas alterações, mas não é fácil parar uma equipa como o Portimonense, com jogo direto e três jogadores na frente com qualidade, rápidos e fortes, mais o Nakajima entrelinhas. No cômputo geral, não fizemos o suficiente para merecer outro resultado, com muita tristeza minha. Custa-me muito, porque sou o primeiro a defender a equipa, mas provavelmente a culpa foi minha, porque não os soube motivar ou fazer tudo o que precisavam para podermos ganhar ou, pelo menos, pontuar."

Aviso ao plantel: "Estou logicamente dececionado. Se tiver que dar os parabéns porque fizemos tudo e o adversário foi mais forte, teria que dar os parabéns e só estaria triste com o resultado. Mas hoje estou triste por muitas mais coisas. Recentemente, não era o que estava a acontecer e isso deixa-me muito abatido. Não podemos fazer mais isto. Até ao final, temos mais três jogos em que temos possibilidade de nos manter na Liga Bwin e temos de mostrar muito mais do que o que mostrámos hoje. Não podemos ser tão irregulares."

Responsabilidade: "Foi o que foi, temos de encarar isto de frente. É a realidade. Já demos a volta noutras alturas e vamos ter de voltar a fazê-lo. Temos de devolver aos nossos adeptos no próximo jogo os três pontos que eles mereciam ter ganhado neste. Temos de lhes dar isso no próximo jogo, seja como for, porque é determinante e fundamental para o nosso trajeto. Não foi possível termos um resultado positivo, o grande responsável sou eu. Ponto final, parágrafo."