Ressaca não abala fé do Moreirense na permanência

Ressaca não abala fé do Moreirense na permanência

Yan pode ser reforço para as duas batalhas decisivas.

Sá Pinto não atira a toalha ao chão. A derrota com o Boavista pôs o Moreirense a depender de terceiros para conseguir a permanência, mas o treinador mantém a convicção de que o objetivo é concretizável. Foi essa mensagem de confiança e esperança que começou a passar pouco depois do duelo com a equipa do Bessa, apesar da evidente frustração refletida nos socos dados no banco na sequência da derrota, e que reafirmou no treino de segunda-feira, procurando desanuviar e motivar os seus jogadores para os dois últimos jogos da época (Estoril, fora, e Vizela, em casa). Essa mensagem teve eco no plantel, que está com o foco total nas duas finais.

Por outro lado, o treinador dos minhotos deve poder contar com a disponibilidade de Yan, que falhou os jogos com o Portimonense e o Boavista, por lesão, mas já esteve no relvado e fez corrida ligeira. Aptos para o próximo jogo estão o central Artur Jorge e os alas Walterson e Derik, que cumpriram castigo na última jornada. Já quanto a Mirallas, que se lesionou no jogo com a equipa do Bessa, o internacional belga vai voltar a ser reavaliado e a sua disponibilidade para qualquer dos jogos ainda por disputar é por agora uma incógnita.