"Claro que o Sá Pinto fez falta no banco, dá muito de si, é a alma da equipa", diz adjunto

"Claro que o Sá Pinto fez falta no banco, dá muito de si, é a alma da equipa", diz adjunto

Declarações de Rui Mota, após a derrota no play-off da Liga Bwin, diante do Chaves, acerca do castigo aplicado ao técnico dos cónegos, que o impediu de orientar a equipa nos dois jogos

"O nosso treinador [Ricardo Sá Pinto] é uma pessoa que vive há muitos anos no futebol, está habituado ao alto nível, dá muito de si, trabalha arduamente e a verdade é que fez com que fosse possível chegarmos até aqui [play-off]. A equipa esteve para cair [diretamente à II Liga] algumas vezes."

"Se fez falta no banco de suplentes? Claramente. É o nosso líder e a alma desta equipa. Por mais que possa ter tido uma equipa técnica que tudo fez para o ajudar, fez falta."