Boateng, o avançado que "faz falta"

Boateng, o avançado que "faz falta"

18 figuras emblemáticas dos 18 clubes da I Liga elegeram as figuras de 2017. Até ao final de 2017, O JOGO revela-lhe os eleitos de cada uma das equipas.

M anuel Altino, um dos mais carismáticos ex-jogadores do Moreirense, um defesa que entre 1992/93 e 2002/03 serviu o emblema dos cónegos, elegeu o ponta de lança Boateng como o atleta que mais se destacou neste ano de 2017. "Era um jogador cujas características apreciava muito, um bom ponta de lança", considerou, enaltecendo algumas das qualidades do ganês. "Não era alto, mas tinha um bom tempo de salto e um grande poder de impulsão que lhe permitia ganhar a maior parte dos lances. Por outro lado, era veloz, rápido a reagir, agressivo e tecnicamente evoluído, e tinha uma atitude que parecia que jogava com amor à camisola", enfatizou.

Manuel Altino refere ainda que Boateng "faz falta ao atual Moreirense", ainda que tenha gostado da "atitude e capacidade de Cádiz para segurar a bola no jogo com o V. Guimarães". Boateng, importa esclarecer, trocou em agosto o Moreirense pelo Levante, de Espanha, numa transferência que rendeu três milhões de euros.