Publica imagens montado a cavalo e corre o risco de ser despedido no Marítimo

Publica imagens montado a cavalo e corre o risco de ser despedido no Marítimo
Carolina Rodrigues

Tópicos

Clube alega faltas injustificadas aos trabalhos do plantel de Sassá.

O Marítimo instaurou um processo de despedimento, por justa causa, ao avançado Sassá, alegando faltas injustificadas aos trabalhos do plantel.

O brasileiro, que se encontra no Brasil desde março, a recuperar de uma intervenção cirúrgica no joelho, mostrou-se, nas suas redes sociais, a praticar hipismo, o que desagradou bastante aos responsáveis maritimistas.

Sassá, 27 anos, participou em sete jogos do Marítimo na última época, sem qualquer golo marcado. No Brasil passou por Botafogo e Cruzeiro, entre outros clubes.