"Meti a rótula no sítio e ainda continuei a jogar uns cinco minutos"

"Meti a rótula no sítio e ainda continuei a jogar uns cinco minutos"

Edgar Costa recorda o encontro com o Estoril, que o Marítimo venceu por 1-0.

Edgar Costa entrou aos 76" no jogo com o Estoril e, ao fazer um passe, deslocou a rótula. O Marítimo já jogava com dez - por expulsão de João Afonso - e, porque as substituições tinham sido esgotadas, o capitão fez um esforço tremendo para continuar em campo, sempre agarrado à perna.

"Senti uma dor, mas não estava a sofrer, porque quando se veste esta camisola não há sofrimento, há prazer", disse. "Em campo, meti a rótula no sítio e ainda continuei a jogar uns cinco minutos", contou.

O exemplo do capitão mereceu no final elogios do técnico José Gomes. "Esta braçadeira não pesa", garante Edgar Costa. Aos 35 anos e em final de contrato, não pensa pendurar as chuteiras . "É um assunto que eu e a Direção temos de resolver", rematou.