José Gomes vitorioso comenta Lage: "A vida de treinador é cruel e injusta"

José Gomes vitorioso comenta Lage: "A vida de treinador é cruel e injusta"

Análise do treinador do Marítimo à vitória sobre o Benfica

Análise: "Por uma razão ou outra não convertemos em vitórias com frequência que merecíamos, abordámos jogo com plano realista, pragmático, tentando fechar. Eles tiveram oportunidade com o Vinicius na primeira parte, nós com um golo anulado,

Mérito: "Embora o Benfica tenha tido controlado jogo em posse, as oportunidades repartiram-se. Dar os parabéns aos jogadores pela forma de abordagem ao jogo, tivemos sempre muito concentrados e muito bem posicionados. Conquistámos com todo mérito os três pontos.

Dedicatória: "Dedico inteiramente, a parte que me toca, a todos os nossos adeptos que infelizmente não podem estar presentes, mas estiveram a vibrar em casa."

Estratégia: "Fazia parte fechar as posições em que o Benfica alimenta o seu jogo, sabíamos que iam construir a três, mas depois há sempre um médio mais à frente. Nós fechamos muito bem com poucos erros a esse nível."

Sobre Bruno Lage: "Já falei na conferência antes do jogo. Lage entrou no Benfica com o Benfica na quarta posição a sete pontos do FC Porto e terminou em 1º, dois pontos à frente, fê-lo com mérito, competência. Todos viam como a queipa jogava, esse treinador é o mesmo, não perdeu competência nem valor, mas a nossa vida é cruel e ingrata, porque dependemos dos resultados."