Auditoria às contas do Marítimo gera especulações

Auditoria às contas do Marítimo gera especulações

Notícia na Madeira dá conta de que uma empresa ligada ao ex-presidente terá faturado 1,4 M€.

O Marítimo já tem em sua posse o relatório da auditoria às contas pedida por Rui Fontes quando assumiu funções e, embora tenha sido anunciado que seria necessário algum tempo para analisar as conclusões, o "Diário de Notícias da Madeira" dava conta de uma alegada verba de 1,4 M€ que uma empresa ligada a Carlos Pereira, ex-presidente maritimista, teria faturado nos últimos dez anos. O JOGO tentou, sem êxito, uma reação de Carlos Pereira.

Estas especulações surgem numa altura em que o clube está a ferro e fogo, no campo desportivo e diretivo. Além do afastamento da SAD, por divergências com Rui Fontes, agora há um movimento intitulado "Salvar o Marítimo" a pedir uma AG extraordinária para votar a destituição do presidente.

À frente deste movimento, segundo o que foi agora divulgado, estão nomes de pessoas tidas como próximas ao anterior líder dos insulares, Carlos Pereira.