"A confiança do Marítimo foi demasiado baixa para disputar um jogo a este nível"

"A confiança do Marítimo foi demasiado baixa para disputar um jogo a este nível"

Declarações de João Henriques, treinador do Marítimo, após a derrota por 5-0 na deslocação ao terreno do Benfica, na sétima jornada da Liga Bwin.

Análise ao jogo: "Tenho oito sessões de treino no Marítimo. O Benfica ganhou bem e criou oportunidades suficientes para conseguir este resultado. Fomos uma equipa demasiado curta para poder ferir o Benfica. Fomos uma ou duas vezes à baliza do Benfica. Não há muito a contar. Fechou-se um ciclo e agora temos duas semanas para trabalhar e colocar esta equipa onde consegue estar e, sobretudo, recuperar os lesionados que temos. São demasiados. Quando cheguei tínhamos 10 lesionados."

Falta de confiança: "Estes oito dias também deram para conhecer bem o grupo. Há uma enorme falta de confiança natural nesta altura. A equipa não quis ter bola, só quis defender. Nós não queríamos isso. Queríamos ter maior número de posse de bola para chegar à baliza, mas não conseguimos fazê-lo. Não podemos vir à Luz e fazer cinco faltas. O Benfica fez 17. É natural que nos lances de disputa, o Benfica conseguia ganhar as bolas e nós nem a falta, nem a bola. Falta confiança aos jogadores. Temos de ter a cabeça levantada, porque o Marítimo é um grande clube. Dizer aos adeptos para confiarem neste tipo de trabalho. Vamos ter tempo para colocar esta equipa como queremos. Hoje não conseguimos. O Benfica foi muito superior e está numa sequência muito boa. Os dois polos tocaram-se hoje. Uma equipa com confiança a 100% e outra com confiança em que nem sei dizer bem a percentagem, mas demasiado baixa para disputar um jogo a este nível."