Ricardo Soares: "Por vezes não há explicações lógicas no futebol"

Ricardo Soares: "Por vezes não há explicações lógicas no futebol"
Redação com Lusa

Tópicos

A reação do treinador do Gil Vicente à derrota (1-2) caseira frente ao Moreirense, na ronda 29 do campeonato.

Faltou sorte? "Sorte e azar... não gosto muito de entrar por aí. Estiveram em campo duas equipas que entraram para vencer, uma foi mais feliz, parabéns ao Moreirense, foi mais eficaz. O Nuno Almeida fez uma excelente arbitragem."

O jogo: "Entrámos bem no jogo, criámos oportunidades de golo, duas bolas no poste, no total foram quatro contra uma do Moreirense na primeira parte. Depois, ficámos com mais um jogador, fomos iguais a nós próprios, mas de um erro sofremos um golo. Tentámos reagir, mas num novo erro, este primário que me deixou triste, ficámos a perder 2-0, mas agradou-me sobremaneira que a minha equipa não perdeu a cabeça, reagiu bem, criou inúmeras oportunidades, quatro bolas aos ferros, mas várias defesas de grande nível do Pasinato e outras ocasiões em que não estivemos ao nosso nível."

Segunda derrota seguida: "Factualmente, em termos de resultado é [uma fase de menor fulgor], mas em relação ao que tem produzido não. Mas, uma equipa que consegue criar 10 oportunidades flagrantes de golo e não vencer, tem de ser penalizada com uma derrota. Estamos tristes, queriam muito ganhar e oferecer a vitória aos nossos adeptos, mas não deixo que os meus jogadores não saiam de cabeça erguida, a correr e a jogar desta forma. Com esta estética e esta beleza estamos na quinta posição e isso deve ser enaltecido. Dificilmente uma equipa perde outro jogo a produzir desta forma."

Sofrer quatro golos com equipas reduzidas a 10, hoje e com o Arouca: "Por vezes não há explicações lógicas no futebol. Antes desta jornada, éramos a terceira melhor defesa e somos o Gil Vicente, não somos Sporting, FC Porto, Benfica, Braga ou Vitória. Em Arouca, sofremos um golo que se calhar entra para o Guiness, hoje, por muito que me custe, temos de dar mérito ao jogador que faz um grande golo. Em Portugal olha-se muito para o resultado, mas não vou mudar uma vírgula, esta é a nossa identidade e a nossa filosofia".