Ricardo Soares garante evolução no Gil Vicente: "Demos um salto qualitativo na nossa ideia de jogar"

Ricardo Soares garante evolução no Gil Vicente: "Demos um salto qualitativo na nossa ideia de jogar"
Redação com Lusa

Tópicos

Ricardo Soares diz que Gil Vicente deu "salto qualitativo" na paragem da Liga Bwin.

O treinador Ricardo Soares disse hoje que a paragem da Liga Bwin permitiu ao Gil Vicente dar "um salto qualitativo" na forma de jogar e salientou a importância de a equipa ser mais agressiva ofensivamente.

O técnico gilista, que fazia a antevisão da receção ao Vizela, no domingo, em jogo da quinta jornada do campeonato, considerou "extremamente positiva" a paragem da I Liga por causa dos compromissos das seleções nacionais.

"Deu para cimentar as nossas ideias de jogo, para melhorar um conjunto de coisas que entendíamos que não estavam assim tão bem. Vejo a equipa com muita vontade de competir, tem trabalhado imenso. Demos um salto qualitativo na nossa ideia de jogar e temos que pôr em prática o que treinámos", disse o técnico, em conferência de imprensa.

Com um passado como jogador e treinador do Vizela - "é um clube marcante, com uma grande massa adepta, que fica marcado na minha história, me ajudou a ser melhor treinador e ao qual estou grato" -, Ricardo Soares disse esperar um jogo "difícil" diante de uma "excelente equipa".

"Tem feito um trajeto assinalável, com resultados desportivos e também ao nível das infraestruturas e de preparação para uma dimensão diferente. Queremos fazer um jogo competente e proporcionar um bom espetáculo", disse.

Ricardo Soares elogiou a "mescla" de experiência e irreverência do Vizela, o que torna a equipa "muito competitiva".

O Gil Vicente vem de uma derrota com o Santa Clara, fora (1-0), um jogo "menos conseguido", mas em que foi superior em muitos parâmetros, notou o treinador, lembrando, por exemplo, que "a posse de bola foi avassaladora".

"Faltou mais profundidade e a tomada de decisão no último terço. Queremos trabalhar a ideia coletiva, que possamos estar mais tempo no meio-campo adversário, mas fazer "doer" mais, sermos mais agressivos ofensivamente", disse.

O fecho do mercado ditou a saída do guardião russo Kritciuk (para o Zenit) e a chegada do guarda-redes esloveno Ziga Frelih e do avançado Juan Calero.

"Desejo a melhor sorte ao Kritciuk, foi um jogador fantástico, um profissional exemplar e um homem de grande caráter, foi bom para ele e para o clube. Vieram o Ziga [Frelih] e o [Juan] Calero, dois jogadores que vão certamente acrescentar. Estão à procura do seu espaço, têm trabalhado bem, mas nem sei se conhecem os colegas pelo nome, temos que lhes dar tempo e serenidade para colocarem em prática o seu talento", disse.

Ruben Fernandes, expulso nos Açores, é baixa certa para domingo e Ricardo Soares disse-se "triste" pelo experiente jogador, "mas só por ele".

"É o nosso capitão, um jogador extremamente importante para o clube, para o treinador e para a equipa, fico triste, mas só por ele, porque tenho confiança no jogador que o vai substituir, não é uma preocupação para mim", disse.

João Afonso e Antoine Léautey continuam de fora, por lesão.

Gil Vicente, sétimo classificado, com seis pontos, e Vizela, 13.º, com quatro, defrontam-se a partir das 18:00 de domingo, no Estádio Cidade de Barcelos, jogo que será arbitrado por Fábio Veríssimo, da associação de Leiria.