Ricardo Soares esclarece futuro, fala em "semana atípica" e salienta fair play do Vitória

Ricardo Soares esclarece futuro, fala em "semana atípica" e salienta fair play do Vitória

Treinador do Gil Vicente fez a antevisão ao encontro com o Vitória de Guimarães (domingo, 20h30), da última jornada da Liga Bwin.

Depois de ter dito, no final do jogo da jornada anterior, em que garantiu a qualificação europeia, que não "gosta de ficar refém" das suas palavras, o treinador do Gil Vicente quis esclarecer mal-entendidos, esta sexta-feira, garantindo: "Se calhar fui mal interpretado. Tenho contrato com o clube, já estou a preparar a próxima, sempre num plano de continuidade. Estou de corpo e alma no Gil Vicente e aqui vou continuar".

Naquela que foi a conferência de antevisão da deslocação a Guimarães, o rival com quem lutou quase até ao final pelo quinto lugar europeu, Ricardo Soares quis enaltecer o "fair play demonstrado" por várias pessoas do adversário, que o contactaram a dar os parabéns, a começar pelo treinador, Pepa: "O Vitória demonstrou ser um grande rival e teve um fair play que vou registar. Foram várias a mandarem-me mensagens, algumas que nem sabia que tinham o meu número. Não esquecerei esta situação e dá-me alguma responsabilidade para que, no futuro, se acontecer o inverso, eu ter esses bons princípios".

Falando, por outro lado, "numa semana atípica", de festa com a inédita conquista europeia, Ricardo Soares, embora tenha afirmado que vai a Guimarães para vencer, não o será para obter o recorde de pontos do clube na primeira divisão (54), mas porque a equipa "merece acabar bem", confessou que "deu alguma liberdade aos jogadores", sem ter grandes discursos, nem os pressionando para alcançar mais um objetivo histórico, no último jogo da Liga Bwin, marcado para domingo, às 20h30.