Ivo Vieira: "O nosso objetivo é prolongar a fase menos conseguida do Marítimo"

Ivo Vieira: "O nosso objetivo é prolongar a fase menos conseguida do Marítimo"
Redação com Lusa

Tópicos

O treinador do Gil Vicente perspetivou "um jogo difícil" frente ao Marítimo, domingo, na sexta jornada da Liga Bwin, mas pretende "prolongar a fase menos conseguida" do adversário.

Ivo Vieira, treinador do Gil Vicente, participou esta sexta-feira numa conferência de imprensa de antevisão à receção ao Marítimo, no domingo às 18h00, a contar para a sexta jornada da Liga Bwin.

Reconhecendo que o último lugar que o conjunto madeirense ocupa na classificação, sem pontos somados, "não condiz com a história do Marítimo", o treinador dos gilistas lembra que o oponente "tem uma equipa de qualidade e em casa costuma fazer boa figura".

"Temos de considerar que é uma fase menos conseguida do Marítimo, mas o nosso objetivo é fazer com que essa fase se prolongue. Vamos à procura de pontos e sabemos que vai ser um jogo difícil e competitivo. Temos de estar preparados mentalmente para trazer um resultado positivo", disse Ivo Vieira.

Depois de um início da época com um calendário carregado pelos jogos do campeonato e das competições europeias, esta foi das semanas de preparação mais longas que o treinador do Gil Vicente teve com a equipa, confessando que os jogadores "até estranharam" tanto tempo para treinar.

"Nitidamente, deu mais tranquilidade e tempo para assimilar os processos, e trabalhar aspetos em que a equipa tinha necessidades. Acreditamos que vamos crescer e melhorar o nosso jogo, ganhamos esses espaços, vamos ver a resposta", disse.

Questionado se irá recuperar, neste jogo na Madeira, a estratégia com três centrais utilizada no último duelo, frente ao FC Porto, para o campeonato [derrota por 2-0], Ivo Vieira descartou esse modelo para a fase inicial da partida.

"O mais importante é que os jogadores estejam disponíveis para interpretar as suas funções. Temos bem identificado o que temos de fazer contra o Marítimo, e não irá passar por essa estratégia numa fase inicial. Mas, no futuro, pode voltar a acontecer, temos de potenciar os atletas em prol do resultado desportivo da equipa", rematou o treinador do Gil Vicente.

Para este desafio na Madeira, Ivo Vieira ainda não pode contar com o guarda-redes Kritciuk e com o avançado Murilo Souza, que recuperam de lesões.

O Gil Vicente, 13.º classificado, com cinco pontos, joga domingo no reduto do Marítimo, último, sem pontos, numa partida agendada para as 18h00, que terá arbitragem de Miguel Nogueira, da Associação de Futebol de Lisboa.