Exclusivo Gil Vicente: do inferno ao céu da Europa foram três anos

Gil Vicente: do inferno ao céu da Europa foram três anos

Em maio de 2019 o clube de Barcelos terminava a participação no terceiro escalão do futebol nacional. Três anos depois, garantiu a primeira presença europeia, com o quinto lugar na Liga Bwin.

Foi precisamente ontem, quarta-feira, dia 11 de Maio, que se completaram três anos desde o fim da travessia no deserto imposto ao Gil Vicente no "caso Mateus", ou seja, desde o último jogo no Campeonato de Portugal, uma vitória contra o Limianos, por 5-0, num Estádio Cidade de Barcelos com as bancadas vazias, num retrato daquela que foi uma época penosa a marcar passo no terceiro escalão do futebol nacional.

De 2019 para cá, com a reintegração administrativa no escalão principal, no âmbito de um processo que remonta a 2006 e, apesar das sucessivas vitórias nos tribunais, colocou em risco a sobrevivência de um clube que já nem sequer tinha os seus adeptos a ir aos jogos em casa, a performance dentro das quatro linhas foi surpreendente, culminando, no domingo, na confirmação do quinto lugar e a inédita qualificação para a Conference League, com uma celebração popular à altura da proeza.