Diretor para o futebol do Gil Vicente suspenso por 23 dias: "Ide roubar ao c..."

Diretor para o futebol do Gil Vicente suspenso por 23 dias: "Ide roubar ao c..."

Tiago Lenho foi ainda punido com uma multa de 1592 euros.

O Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) aplicou uma suspensão de 23 dias a Tiago Lenho, diretor para o futebol do Gil Vicente, depois das declarações proferidas pelo dirigente durante a partida entre a equipa de Barcelos e o Tondela, que os beirões venceram por 1-0.

"Após uma decisão da equipa de arbitragem soqueou o banco de suplentes dirigindo-se ao 4.º árbitro proferindo as seguintes palavras: 'Que p... de vergonha é esta, c...? Ajuda o teu colega! Marca a p... da falta!' Após a exibição do cartão vermelho dirigiu-se ao 4º árbitro de dedo em riste encostando-o ao peito do mesmo e dizendo o seguinte: 'O que foi que eu disse seu palhaço? És muito fraco'", explica o relatório do árbitro Rui Costa, segundo o mapa de castigos do CD.

"Após a expulsão, proferiu por diversas vezes as seguintes palavras para o teneno de jogo, claramente na direção da equipa de arbitragem: 'lde roubar ao c...! Diz a esse burro para marcar as p... da faltas!'", acrescentou.

Tiago Lenho foi ainda sancionado com uma multa de 1592 euros.