"Acredito que vou continuar, tenho contrato, não há nada a acrescentar"

"Acredito que vou continuar, tenho contrato, não há nada a acrescentar"

Declarações do treinador do Gil Vicente em reação à pesada derrota, por 5-0, na visita ao reduto do V. Guimarães, em jogo da 34.ª e última ronda da Liga Bwin

Continuidade no cargo: "Acredito que sim. Vamos ver. Não quero ser mal interpretado. Tenho contrato. Não gosto muito de falar sobre isso, o futebol muda de um dia para o outro, às vezes. Tenho contrato, não há mais nada a acrescentar."

Mudanças no plantel/jogadores cobiçados: "Todas as épocas são exigentes. O campeonato foi altamente competitivo, principalmente entre as equipas que lutaram pelas classificações europeias e pela permanência. Houve duras batalhas para todas as equipas. O Gil Vicente tem pessoas altamente capazes para defender os interesses dos clubes. Vão continuar a fazer esse trabalho. Entraram e saíram vários jogadores no início desta época... que foi histórica e fantástica. Não será uma preocupação [as mudanças no plantel]."