"Não faz sentido estar quase 10 minutos à espera de uma decisão"

"Não faz sentido estar quase 10 minutos à espera de uma decisão"

Treinador João Pedro Sousa aborda derrota com o Tondela e deixa reparos ao VAR.

O Famalicão sofreu a primeira derrota em casa para o campeonato, frente ao Tondela, que venceu por 3-2. A equipa ed João Pedro Sousa vai já em quatro jogos sem vencer.

"Falhou precisamente isso [a eficácia]. Temos de ir menos vezes [à área contrária] e marcar mais. E não podemos permitir que o adversário, em tão poucas vezes, possa marcar. Temos um problema identificado, que, se calhar, tem mais a ver com a forma como atacamos do que com a forma como defendemos. Temos de resolver isso, para que não seja preciso trabalhar tanto para vencer os jogos. Nos últimos dois jogos, os resultados foram maus, duas derrotas. Jogámos e trabalhámos, mas estamos a perder por causa de erros defensivos que não permitem que os resultados sejam melhores", disse o treinador.

"Há um plano de jogo e há uma estratégia que tem a ver com o nosso jogo e com a nossa qualidade. Dominámos o jogo do primeiro minuto ao minuto 100. Infelizmente, o adversário aproveitou um erro numa primeira fase de construção nossa e um canto. A transição ofensiva do adversário causou-nos alguma mossa. Temos de resolver. Há posse de bola e posse de bola [sobre o facto de a equipa ter recorrentemente mais posse de bola do que os adversários, mas perder pontos]. A nossa posse faz mossa às equipas adversárias. Temos alguma dificuldade em colocar a bola em zonas de finalização em maior número. Mas o nosso problema também tem a ver com a forma como atacamos. Temos de reagir à perda da bola com outras características e outra velocidade", continuou João Pedro Sousa, referindo-se depois a um golo anulado ao Famalicão.

A paragem do jogo [na altura do golo anulado ao Famalicão], para além de prejudicar o Famalicão, prejudicou o futebol. Não faz sentido estar quase 10 minutos à espera de uma decisão", apontou.