Kléber falha o FC Porto e amarelo foi estratégia, explica Ivo Vieira

Kléber falha o FC Porto e amarelo foi estratégia, explica Ivo Vieira

Kléber viu o quinto cartão amarelo na I Liga, que o afasta da receção ao FC Porto, e foi substituído dois minutos depois por problemas físicos.

Cartão amarelo a Kléber: "São muitos os problemas que temos a mencionar aqui. O Kléber tem um problema físico. Durante o jogo ressentiu-se de uma situação física. Provavelmente, não vamos tê-lo nos próximos jogos e ele tinha quatro amarelos. Em vez de estarmos a perder tempo e mantê-lo com quatro amarelos, optámos por fazê-lo [que Kléber recebesse o amarelo]. Temos de pensar nos que estão e o caminho é para a frente".

Autogolos: "Sofremos dois autogolos, mas podíamos ter estado muito melhor no jogo. Entrámos bem, criámos poucas oportunidades. A equipa meteu pouca gente no processo ofensivo. Foi um jogo que ofereceu bastantes dificuldades, mas o adversário foi feliz. Os jogadores deram o que tinham, mas sabemos que temos de fazer melhor e mais pontos do que fizemos na primeira volta. Sabemos que não é um bom resultado em nossa casa com este adversário. Há que continuar a trabalhar e a acreditar nos objetivos".

Oportunidade de Aylton Boa Morte: "Podíamos reentrar [na discussão do resultado], mas isso não é um facto a que te possas agarrar. Tivemos 75 minutos para trás onde poderíamos ter feito muito mais. Sofremos dois golos de forma infeliz. O resultado é favorável ao Feirense e nós ficamos desiludidos".