Vítor Campelos: "Sei que a administração está atenta. Já chegou o João Pedro"

Vítor Campelos: "Sei que a administração está atenta. Já chegou o João Pedro"

Declarações de Vítor Campelos após o jogo Boavista-Chaves (1-1), da 17.ª jornada da I Liga

Sobre o jogo: "Creio que foi um jogo com duas partes totalmente distintas. Na primeira parte, o Boavista esteve melhor e mostrou mais domínio. Estivemos muito aquém da equipa que somos e poderemos ser. Fomos muito passivos, deixando que o Boavista tivesse mais posse de bola e fosse criando chances. Na segunda parte, fomos totalmente diferentes e voltámos a ser o Desportivo que sempre fomos e queremos ser nesta segunda parte do campeonato. Dominámos por completo e empatámos, sendo que, antes disso, o Rafael Bracali tinha feito duas defesas de golo. Talvez o Bracali tenha somado defesas com maior grau de dificuldade. Por isso, penso que é um resultado justo, mas, a haver um vencer, seria o Desportivo de Chaves."

Reforços: "Até ao fecho do mercado de transferências tudo pode acontecer. Gostaríamos de contar com todos os jogadores que temos e sei que a administração está atenta. Já chegou o João Pedro para nos vir ajudar. Talvez ainda chegue mais alguém, mas temos de estar contentes e potenciar os atletas que temos, pois foram eles que nos trouxeram até aqui."

Pontuação: "Nesta altura, temos 22 pontos. Ficámos a dois da melhor pontuação de sempre do clube na primeira volta, mas temos de manter os pés bem assentes na terra, trabalhar muito e ser esta equipa que fomos na segunda parte em termos de agressividade competitiva. O campeonato é longo e ainda faltam muitos pontos, que irão ficar cada vez mais caros."

Casa e fora: "Apesar de termos feito nove jogos fora na primeira volta, dos quais pontuámos em seis, é certo que em nossa casa temos deixado escapar vitórias, apesar de termos estado em vantagem na maior parte dos jogos. Temos falado e refletido muito sobre isso. Vencemos nos estádios de Sporting de Braga e Sporting. Talvez os níveis de concentração nesses jogos sejam mais elevados e levam-nos a conseguir segurar a vantagem. Em casa, por um ou outro motivo, temos perdido pontos em algumas distrações ou lances individuais".