Treinador de guarda-redes do Chaves deixa clube para trabalhar com Leonardo Jardim

Treinador de guarda-redes do Chaves deixa clube para trabalhar com Leonardo Jardim

Carlos Pires estava nos flavienses há seis temporadas

O treinador de guarda-redes Carlos Pires rescindiu contrato com o Chaves para integrar "um novo projeto", disse esta segunda-feira o emblema que ocupa o 17.º lugar da I Liga portuguesa de futebol.

"O clube e a SAD foram sensíveis ao pedido de Carlos Pires. Desejamos a Carlos Pires os maiores sucessos pessoais e profissionais no seu novo projeto", destacou o conjunto de Trás-os-Montes no seu sítio oficial na Internet. Sabe O JOGO que Carlos Pires vai trabalhar com Leonardo Jardim na China, ao serviço do Dalian Yifang.

O flaviense, de 49 anos, representava o Desportivo de Chaves pela sexta temporada consecutiva, desde a época 2013/2014, integrando as diversas equipas técnicas. Antes, tinha já representado o clube transmontano entre 2007 e 2009, também como treinador de guarda-redes.

Depois de trabalhar com o técnico português Leonardo Jardim nos flavienses, em 2007/2008 e 2008/2009, Carlos Pires 'acompanhou' o treinador no Beira-Mar, Sporting de Braga e Olympiacos, da Grécia, nas quatro épocas seguintes.