"Este ano posso mostrar o meu valor"

"Este ano posso mostrar o meu valor"

Durante a sessão de autógrafos promovida pelo clube, o brasileiro falou da sua ambição para a nova época

O defesa brasileiro Marcão tem trabalhado os lances de bola parada e quer continuar a fazer golos, revelou após ter marcado na primeira vitória do Desportivo de Chaves.

"Esta temporada tenho trabalhado muito os lances de bola parada, quer as grandes penalidades, quer os livres diretos, e até ao momento o treino tem dado resultado", explicou durante a sessão de autógrafos promovida pelo clube de Trás-os-Montes na sua loja oficial no Estádio Municipal Eng.º Manuel Branco Teixeira.

A iniciativa do clube flaviense contou ainda com a presença do avançado Perdigão e juntou algumas dezenas de adeptos, sobretudo emigrantes que estão de férias na região, e que aproveitaram para pedir autógrafos e tirar fotografias com os dois jogadores.

O central de 22 anos fez o primeiro golo na vitória por 2-0 sobre o Portimonense para a segunda jornada da I Liga, ao transformar uma grande penalidade.

O resultado foi uma reação à "má entrada" no campeonato, após a derrota frente ao FC Porto.

"Mostrámos a capacidade que o grupo tem em reagir rápido a uma situação difícil e felizmente vencemos o primeiro jogo em casa", destacou.

Na segunda temporada em Portugal, após ter representado o Rio Ave na época anterior, Marcão quer "vingar" no futebol europeu.

"A época passada não correu como eu queria, mas felizmente este ano posso mostrar o meu valor e fazer um campeonato regular", realçou.

A adaptação ao futebol europeu foi "fácil" para o defesa, pois trabalhou no Brasil durante duas temporadas, no Guaratinguetá em 2015, e no Ferroviária em 2016, com o técnico português Sérgio Vieira, atual treinador do Famalicão, do segundo escalão português.

"Foram duas épocas muito importantes que tive com ele, pois fiquei a perceber como era o futebol na Europa", confessou.

O Chaves visita o Marítimo na sexta-feira, às 20h30, para a terceira jornada, e o defesa central pretende "lutar pelos três pontos".