José Mota e a final de Tondela: "Tenho-me saído bem neste tipo de encontros"

José Mota e a final de Tondela: "Tenho-me saído bem neste tipo de encontros"

Treinador do Chaves aborda o decisivo jogo na luta pela permanência na I Liga.

O Chaves pretende vencer "o jogo de uma época", no domingo, frente ao Tondela, para conseguir a manutenção na última jornada da I Liga, disse o técnico José Mota. "Sabemos a responsabilidade do jogo, que é o jogo de uma época, e o que pretendemos é conseguir um resultado que nos permita continuar na I Liga", realçou o treinador do emblema de Trás-os-Montes, na antevisão ao encontro de domingo, às 17h30, em Tondela, em declarações divulgadas no canal oficial do clube na rede social do Youtube.

O conjunto de Chaves precisa de um empate para garantir a permanência, pois os dois clubes estão igualados com os mesmos 32 pontos no 15.º lugar, mas, em caso de igualdade, os flavienses ganham vantagem no confronto direto, devido à vitória na primeira volta. Já o Tondela está obrigado a vencer para se manter no principal escalão.

Para José Mota, é positivo a equipa azul-grená depender apenas de si mesma para chegar à manutenção na última jornada, esperando "força, concentração e determinação" dos seus jogadores para ultrapassar o Tondela. "O grupo tem trabalhado muito bem, está consciente das dificuldades e vai ser um jogo extremamente difícil em todos os aspetos. No aspeto mental, a equipa tem de reagir, tem de ser psicologicamente forte, taticamente e em termos técnicos para levar de vencida este adversário, tudo vai fazer para contrariar isso", vincou.

O treinador dos transmontanos desvalorizou as baixas nas duas equipas, garantindo que quem jogar estará "preparadíssimo para a final" e para "dar tudo em prol das instituições".

O facto de a partida decisiva ser em Tondela dá "um acréscimo de dificuldades" aos flavienses e José Mota entende que os jogadores têm de se comportar como "campeões". "Estou habituado a estas exigências. Tenho-me saído bem neste tipo de encontros, nestas decisões, e acho que o grupo está determinado a ultrapassar estas mesmas", garantiu.

O clube flaviense iniciou na quinta-feira um estágio na região de Viseu até ao encontro em Tondela no domingo e tem quatro baixas para o desafio: os avançados Luther Singh e Niltinho, castigados, e o médio João Teixeira e o avançado André Luís, por lesão.

O Desportivo de Chaves, a quem o empate é suficiente para a permanência, e o Tondela, que precisa de vencer, defrontam-se no domingo, às 17h30, para a última jornada da I Liga portuguesa de futebol, partida que se realiza no Estádio João Cardoso, em Tondela.