Chaves animou Natal de jovens

Carlos Veras

Tópicos

Jogadores, treinadores e dirigentes visitaram a Escola de Artes e Ofícios para entregar prendas aos cerca de 30 jovens que a instituição acolhe, sendo alguns deles apanha-bolas nos jogos do Chaves. Luís Castro, o treinador, deixou-lhes palavras de ânimo

Uma embaixada do Chaves, composta por elementos da SAD, o treinador Luís Castro e três dos capitães da equipa (Pedro Tiba, João Patrão e Bressan), esteve ao princípio da noite de hoje no jantar de Natal dos jovens internados da Escola de Artes e Ofícios, da Santa Casa da Misericórdia de Chaves. A visita teve como objetivo oferecer algumas prendas, como casacos impermeáveis e camisolas oficiais do clube, aos cerca de 30 jovens que a instituição acolhe.

João Miranda Rua, provedor da Santa Casa, agradeceu o gesto simpático do emblema flaviense e lembrou o investidor Francisco Carvalho. Sérgio Mota, diretor de comunicação do Chaves, afirmou que a iniciativa "visa levar uma palavra de conforto e um sorriso a todos os jovens" ali acolhidos, agradecendo a colaboração que muitos deles prestam nos dias de jogos, já que dez destes jovens são os habituais apanha-bolas. O treinador Luís Castro lembrou que "os melhores exemplos de vida vêm, muitas vezes, daqueles mais lutam com as dificuldades".