André Luís: "Quero jogar, mas sei que tenho de ter calma"

Avançado brasileiro, reforço contratado pelo Chaves no último dia do mercado de transferências, não esconde a vontade de jogar.

O avançado brasileiro André Luís, reforço contratado pelo Chaves no último dia do mercado de transferências, confessou que tem vontade de jogar "o mais depressa possível" na I Liga portuguesa de futebol. "Quero jogar, mas sei que tenho de ter calma para estar na melhor forma possível e poder ajudar a equipa", lembrou.

O jogador de 24 anos, ex-Figueirense, está a ter a primeira experiência fora do Brasil e tem o sonho de "singrar" no futebol europeu. "Tinha uma vontade enorme de jogar na Europa e o sonho também, pois é o maior polo de futebol, quer em termos competitivos, quer táticos", destacou o jogador que assinou por quatro temporadas pelo Chaves.

O atacante fez este sábado o primeiro jogo pelo clube flaviense, atuando toda a segunda parte no particular frente ao Paços de Ferreira, do segundo escalão, num encontro realizado em Chaves e que terminou empatado a duas bolas. "Defrontámos uma equipa muito boa, mas foi uma boa experiência para conhecer os colegas e o trabalho do treinador", realçou.

No final da primeira semana de treinos no emblema de Trás-os-Montes, André Luís reconheceu "uma intensidade mais alta" do futebol português face ao brasileiro, mas garante estar a trabalhar para "igualar" os restantes colegas de equipa.

Além do Figueirense, o avançado soma ainda passagens pelo Grémio, Botafogo, Boavista, Rio Verde e Ypiranga, todos clubes do Brasil.