Bressan deixa o Chaves

O clube anunciou a rescisão amigável do contrato com o capitão

O médio e capitão Renan Bressan rescindiu "de forma amigável" com o Desportivo de Chaves o contrato que os ligava até ao final da temporada 2019/2020, anunciou o clube esta quarta-feira.

Na nota publicada na Internet, o emblema transmontano desejou ainda ao médio "os maiores sucessos pessoais e profissionais".

O brasileiro, de 30 anos, naturalizado pela Bielorrússia, deixa o clube de Chaves após duas temporadas e meia, nas quais realizou 81 partidas oficiais e apontou 11 golos.

O conjunto de Chaves, que confirmou na terça-feira a continuidade de José Mota como treinador para a próxima temporada, já anunciou ainda a rescisão "por mútuo acordo" com o médio Ghazaryan e com o diretor desportivo Paulo Grencho.

Também em comunicado, os flavienses divulgaram a continuidade da equipa satélite, que milita no Campeonato de Portugal, bem como do técnico, Carlos Guerra, e do diretor responsável, Gustavo Souza.

O Chaves viu confirmada a despromoção da I Liga, após três épocas consecutivas no principal escalão, com a derrota sofrida no domingo frente ao Tondela, por 5-2, na 34.ª e última jornada da prova.