Xadas recetivo a ser emprestado pelo Braga em janeiro

Xadas recetivo a ser emprestado pelo Braga em janeiro
Pedro Rocha

Tópicos

Tapado por André Horta, Fransérgio e João Novais no meio campo do Braga, Xadas continua a desvalorizar

A cedência de Xadas em janeiro é uma hipótese cada vez mais forte. Produto da formação do Braga e encarado pela sociedade desportiva como um importante ativo, o médio-ofensivo tem sido utilizado muito pontualmente por Sá Pinto e está na disposição de relançar a carreira noutro clube, num quadro de empréstimo. Tudo dependerá das oportunidades que tiver até ao fim do próximo mês, mas o mais certo é que a sua situação não se altere muito. A concorrência é apertada no miolo do meio-campo dos arsenalistas, sendo André Horta, Fransérgio e João Novais os criativos preferidos do treinador, que também nunca apostou no número 10 para as alas face à abundância de opções de qualidade.

Aliás, foi por causa dessa fartura de extremos que Fábio Martins aceitou ser emprestado ao Famalicão, tornando-se numa das figuras da equipa-sensação do principal campeonato português. Tendo por base o exemplo de sucesso do ex-companheiro de equipa e de outros jogadores que foram em busca de melhor sorte em situações análogas (Luther Singh é outro bracarense emprestado que começa a impor-se no Moreirense), Xadas já deu conta de que pretende rodar noutro clube até ao fim da temporada e a sociedade desportiva nem terá de fazer um grande esforço para arranjar-se colocação, pois não faltam clubes interessados (em Portugal e no estrangeiro) em usufruir das qualidades do internacional português Sub-21. Mais difícil será um cenário de venda do passe, pelo menos dentro dos valores pretendidos pelos minhotos, depois de o Olympiacos e a Udinese terem acenado com tentadoras propostas em cima do fecho do mercado de transferências do verão.

Depois de ter estado muito tempo parado para recuperar de uma reação de stress no quinto metatarso do pé direito, lesão que inviabilizaria a sua transferência para o Mónaco por 25 milhões de euros em agosto de 2018, Xadas perdeu cotação no mercado e, naturalmente, o clube grego e o italiano já não se aproximaram da oferta do clube monegasco e dificilmente voltarão à carga na reabertura do mercado de inverno propondo valores superiores. De acordo com o site Transfermarkt, Xadas valia em junho de 2019 cinco milhões de euros e, em quatro meses, terá desvalorizado pelo menos um milhão.