Wilson Eduardo regressa mais cedo e prepara entrada no onze

Wilson Eduardo regressa mais cedo e prepara entrada no onze
Manuel Casaca

Tópicos

Avançado foi dispensado da seleção de Angola e começa mais cedo a preparar o jogo da Taça de Portugal, contra o Gil Vicente.

Suplente utilizado nos últimos três jogos que disputou pelo Braga, Wilson Eduardo vai regressar à titularidade no próximo dia 23 (sábado), contra o Gil Vicente, a contar para a Taça de Portugal. O avançado deixou para trás as lesões, atravessa um bom momento e chega ao Minho moralizado pelo golo que marcou pela seleção de Angola, contra a Gâmbia.

Wilson Eduardo regressou a Portugal mais cedo do que estava previsto. O avançado do Braga foi chamado pelo selecionador de Angola, o português Pedro Gonçalves, para a dupla jornada de qualificação para Taça de África das Nações, contra a Gâmbia e no Gabão, mas só alinhou no primeiro jogo, tendo sido dispensado para tratar de compromissos pessoais. Segundo informação dos responsáveis da Federação Angolana de Futebol, o avançado teve de viajar mais cedo para Portugal devido a problemas de saúde da esposa.

Segundo O JOGO apurou, tendo em conta que Sá Pinto concedeu três dias de folga ao plantel, Wilson Eduardo já estará na segunda-feira em Braga para treinar com os restantes companheiros e para começar a preparar o encontro com o Gil Vicente. O regresso mais cedo aconteceu por motivos indesejados, mas vai permitir ao avançado ter mais tempo para voltar a entrar nas contas, tendo em vista o compromisso da Taça de Portugal.

Wilson Eduardo atravessa um bom momento e, para trás, ficou o problema físico que o afastou dos relvados durante um mês e meio. O internacional angolano sofreu uma lesão muscular no dia 29 de agosto, na Rússia, contra o Spartak Moscovo, e teve de sair aos 24 minutos. Depois da paragem prolongada, regressou dia 13 de outubro, alinhando nos últimos oito minutos com o Marítimo, a contar para a Taça da Liga. No jogo seguinte, contra o Leça FC, bisou na Taça de Portugal, marcando depois mais dois golos nos dois jogos seguintes, frente ao Besiktas e ao Santa Clara. O número 7 bracarense dava sinais de estar fisicamente em boas condições, tendo, inclusive, alinhado em oito jogos pelo Braga e um pela seleção de Angola no espaço de um mês.