Exclusivo Vitinha e Banza disparam na bolsa

Na avaliação do "Transfermarkt", os dois avançados registaram as maiores subidas, entre os minhotos, em termos de cotações

O começo de época fulgurante do Braga, com tendência a prolongar-se no tempo, refletiu-se de forma evidente na cotação de alguns jogadores. Imprescindíveis num ataque voraz e que não pára de fabricar golos em grandes quantidades, Vitinha e Banza foram os que mais se valorizaram em menos de dois meses (cada um dois milhões de euros) segundo o portal "Transfermarkt", com o primeiro a passar de estimados seis milhões de euros para oito milhões e o segundo de cinco milhões para sete milhões.

Não se tratam de subidas aleatórias, ambas estão relacionadas com bons desempenhos. À imagem da equipa, os dois avançados arrancaram em força para 2022/23 e, nesta altura, figuram entre os arsenalistas mais influentes: o internacional português sub-21 leva quatro golos e duas assistências em nove jogos, enquanto o jogador francês, por quem o Braga pagou três milhões de euros ao Lens, contabiliza cinco remates certeiros e um passe para golo, em oito partidas.