Uma espécie de jackpot para o Braga: "Jornada completa e semana extraordinária"

Uma espécie de jackpot para o Braga: "Jornada completa e semana extraordinária"

Treinador do Braga, Sá Pinto, comenta vitória por 2-0 frente ao Rio Ave, na jornada 12 do campeonato.

O Braga venceu o Rio Ave por 2-0 e colou-se ao Boavista no quinto lugar do campeonato. "Houve uma boa reação do Rio Ave na segunda parte, porque tem uma boa equipa e uma ideia de jogo muito positiva, à imagem do seu treinador, Carlos Carvalhal, de quem gosto pessoal e profissionalmente", começou por dizer o treinado Sá Pinto.

"Previa-se um jogo difícil e foi. Na primeira parte, fomos superiores, controlámos o jogo, houve alguma igualdade no início, mas depois fomos dominadores, criámos, fizemos um golo e podíamos ter feito mais dois, a equipa fez uma excelente primeira parte. Na segunda, houve uma reação do Rio Ave, com alma e algum jogo direto também. Podiam ter feito um golo, mas penso que, no cômputo geral, é de louvar a vitória, neste relvado muito difícil e pesado. Tivemos três dias para preparar este jogo, eles tiveram oito, há uma sobrecarga enorme de jogos, mas fomos guerreiros uma vez mais, superámo-nos. Tínhamos o aliciante de ganhar pontos às equipas que lutam pelos lugares da frente e pelas competições europeias, foi uma jornada completa e uma semana extraordinária para a nossa equipa", vincou.

Questionado sobre se esta é a melhor fase da época, o treinador da formação minhota respondeu: "Em termos de resultados, aceito que seja. Estamos em quinto, com os mesmos pontos que o Boavista, estamos melhores, subimos na tabela classificativa, mas também já houve fases em que gostei mais da equipa nos 90 minutos, é o futebol. A equipa soube viver com a pressão de ser fundamental ganhar hoje".