Trincão sabe o que vai dizer a Messi e revela o jogador que levava para o Barcelona

Trincão sabe o que vai dizer a Messi e revela o jogador que levava para o Barcelona
Pedro Rocha

Tópicos

Francisco Trincão respondeu a algumas perguntas curiosas dos adeptos do Braga, na rubrica "Duas de Letra", levada a cabo pelo clube minhoto.

Vai perguntar ao Messi se conhece o Braga?
"Temos feito por colocar o Braga ao mais alto nível no plano nacional e até no plano europeu. O clube tem conseguido isso através do futebol e das outras modalidades. O clube está a ganhar cada vez mais nome. Mas, sim, vou por certo falar do Braga ao Messi".

Daqui a uns anos vais ganhar a Champions e a Bola de Ouro?
"Não penso muito nisso... Simplesmente, se trabalhar... É claro que tenho esses sonhos. Jogamos sempre para sermos os melhores e para ajudarmos o clube onde estamos. Tenho esses objetivos, mas, para já, só me foco no trabalho e no dia-a-dia. Só assim conseguirei alcançar aquilo que eu quero".

Quais foram os momentos mais marcantes da carreira e o treinador que mais o marcou?
"Guardo dois grandes momentos: a conquista do Europeu de Sub-19 e a Taça da Liga pelo Braga. Já o Hélio Sousa foi o treinador que mais me marcou: fez-me dar um salto na carreira".

Se pudesse, quem levaria do Braga para o Barcelona?
"É uma pergunta complicada... O Fransérgio está sempre a dizer: 'eu posso ir, fico lá para te ajudar, para te dar uns conselhos, só para estar contigo, só para te passar a bola'. Acho que levaria o Fransérgio comigo".

Como é que a rotina mudou com o coronavírus?
"Tivemos que ficar em casa, de quarentena. A rotina não mudou: mantemos os mesmos horários, treinamos à mesma hora e também tomamos as refeições às mesmas horas. Mas é de facto diferente. Não temos a sensação de ter a bola. Estamos em casa, isolados, mas tudo há de correr bem".

Como é que te sentes por saberes que não vais ter um avançado como o Paulinho no Barcelona?
"Vou sentir saudades [sorrisos]. Quando se cruza, é bom saber que ele pode aparecer a fazer golos de cabeça. A vida tem de seguir. Ele também vai sentir saudades de mim".