"Será fácil para Trincão jogar ao lado de Messi, vão entender-se muito bem"

"Será fácil para Trincão jogar ao lado de Messi, vão entender-se muito bem"
Pedro Rocha

Tópicos

ENTREVISTA (Parte 3) - Em menos de dois meses de convivência, Abel Ruiz percebeu que Francisco Trincão é tudo menos um mistério. O antigo avançado do Barcelona explicou porquê em entrevista a O JOGO.

Abel Ruiz analisou de perto o menino-maravilha do Braga, que renderá 31 milhões de euros ao clube, e percebeu que o Barcelona acertou em cheio. Disse-o em Espanha e não mudou de opinião.

Numa entrevista ao jornal "Mundo Deportivo", comparou Trincão a Messi. O primeiro já está, de facto, num nível tão elevado?

-Fiz essa comparação para que as pessoas compreendessem que o Trincão tem muita qualidade, apesar de ser um jovem, como eu. É um jogador criativo, de excelência. Com trabalho, vai conseguir os seus objetivos.

Será uma vantagem para ele jogar ao lado de Messi ou corre o risco de passar para segundo plano?

-É incrível jogar ao lado do Messi. É o melhor que pode acontecer a qualquer jogador ambicioso. Jogar com o Messi é sempre muito fácil, tive essa experiência. Vão entender-se muito bem. O Trincão é um belo jogador: deve adaptar-se bem e depois aproveitar cada oportunidade, jogando tranquilo. Deve pensar no presente e ser feliz. É o que eu faço.

A liga espanhola perdeu interesse com o fim da rivalidade Messi-Ronaldo, como consequência da transferência do jogador português para a Juventus?

-Era uma rivalidade sadia. Representavam dois clubes rivais e, naturalmente, faziam o melhor pelas respetivas equipas. Julgo, no entanto, que o Real Madrid não se ressentiu muito com a saída de Ronaldo; continua a ter uma boa equipa. Já essa rivalidade não era um tema muito falado no nosso balneário. Qualquer clássico era encarado por todos com muita tranquilidade, apesar de sabermos que são jogos muito importantes para o clube. Valem três pontos.

Por que razão admira tanto David Villa?

-Estivemos juntos no Valência e depois no Barcelona. Sempre me fixei nele, na forma como se movimenta em campo. Acabámos por ficar amigos e aprendi muito com ele. A partir do momento em que passei a treinar com a equipa principal do Barcelona, na época passada, fiquei impressionado com o Luis Suárez. E um goleador incrível, muito completo. Também me ensinou muita coisa.

NÃO SAIA DE CASA, LEIA O JOGO NO E-PAPER. CUIDE DE SI, CUIDE DE TODOS