"Sem vitórias no Dragão? É só seguir o exemplo do FC Porto…"

"Sem vitórias no Dragão? É só seguir o exemplo do FC Porto…"
Pedro Marques Costa

Tópicos

Na antevisão do jogo com o FC Porto, Rúben Amorim recordou a vitória dos dragões em Alvalade para falar sobre os 15 anos do Braga sem triunfos no Dragão, tendo pedido ainda uma equipa com a mesma atitude dos últimos dois jogos.

Confronto no Dragão
"Temos de ser iguais a nós próprios, mão podemos mudar a nossa maneira de jogar. Temos de estar concentrados, até porque o FC Porto é muito forte em todos os momentos do jogo: ataque continuado, transições, bolas paradas ofensivas e defensivas... Mas não nos podemos desviar da nossa forma de jogar. Queremos ter iniciativa e criar perigo"

Poucas semanas de trabalho
"Se há coisa que estes jogadores já provaram, é que conseguem surpreender nos jogos difíceis. Acreditamos num bom resultado e temos armas para criar perigo e dividir o jogo"

Sem vitórias no Dragão há 15 anos
"A equipa do FC Porto ajudou-nos nesse aspeto, também não ganhava ao Sporting em Alvalade há 12 anos... Por isso, é seguir o exemplo do FC Porto. Os jogadores sabem, mas nem falamos sobre isso, porque não é importante. É mais relevante a forma como vamos começar o jogo. O passado pouco conta e vamos entrar com o objetivo de vencer"

Sérgio Conceição e o Braga candidato
"Não espero nada diga nada... Tenho a certeza que o mister Conceição vai preparar o jogo com muita atenção, porque sabe que a equipa do Braga tem muito valor. Não me preocupo muito com aquilo que não posso controlar. O nosso foco é manter a mesma filosofia e dinâmica"

Jogo mais importante da carreira
"Preparei o jogo da mesma forma... É o mais importante por ser o próximo, depois será a meia-final da Taça da Liga com o Sporting e depois de passar esse será a final... E por aí fora. A verdade é que o passado não conta"

Sem medo no Dragão
"Os jogadores têm de seguir a ideia de jogo até ao final, mesmo quando corre mal. Mas se em duas semanas tivesse tudo bem, eu seria o melhor treinador do mundo e estou muito longe de o ser. Se tivermos sempre a mudar, em modo de sobrevivência, não vamos crescer. Eu não quero isso. Não teremos uma abordagem diferente ao jogo por nossa iniciativa"

Interesse em Trincão e Ricardo Horta
"Nenhum clube tem a garantia que nenhum jogador pode sair... Agora, se quiserem os jogadores do Braga é pagar a cláusula de rescisão. Mas isso é mais com o presidente. O que me interessa é que estão cá os jogadores todos, estamos preparados, e vamos ao Dragão na máxima força"