Ricardo Horta: "Se alcançar o recorde esta época será bom sinal"

Ricardo Horta: "Se alcançar o recorde esta época será bom sinal"
Tomaz Andrade

Tópicos

Extremo do Braga está a 11 golos de se tornar no máximo goleador da história do clube, mas diz que não pensa muito nisso, apenas em ajudar a equipa

Pulso à equipa: "Estamos confiantes e preparados para o desafio com o Estrela Vermelha. Trabalhámos bem o jogo e aprimorámos os últimos detalhes. Sinto que a equipa está confiante. É um jogo muito importante para nós e queremos obter a vitória para darmos uma alegria aos adeptos."

Perigos do Estrela Vermelha: "Sinceramente, estamos a olhar mais para nós e para o que podemos fazer do que para o adversário. O Estrela Vermelha é uma equipa forte e está em primeiro lugar do grupo, mas o Braga pretende alterar a classificação. Estamos conscientes do que temos que fazer, sabendo quais são as debilidades do adversário e de como podemos explorá-las ao máximo."

Melhor momento a nível pessoal: "Sim. A época vai quase a meio e posso dizer que este é o meu melhor momento, mas não é só meu, mas sim de toda a equipa. Temos vindo a melhorar e a subir de nível. Melhorámos na questão dos golos sofridos."

Objetivos pessoais: "Não tenho nenhum objetivo em mente, apenas tento ajudar a equipa. Um jogador da minha posição tem de fazer golos e assistências e é com isso que tento ajudar a equipa."

Recorde de máximo goleador do Braga: "Se alcançar esse recorde [Mário Laranjo, 92 golos] esta época será bom sinal. Os recordes pessoais resultam do rendimento coletivo. Não sou o único que está num bom momento, há o Iuri, o Vitinha também. O coletivo é que faz destacar as individualidades."

Caráter decisivo do jogo: "Só estamos concentrados no nosso jogo. Se ganharmos não precisamos de esperar por outros resultados. É isso que está no nosso pensamento."