Ricardo Horta espreita dois marcos históricos no Braga

Ricardo Horta espreita dois marcos históricos no Braga
Redação

Tópicos

O capitão do Braga está a apenas um jogo de completar 200 pelos arsenalistas, o que deverá verificar-se já amanhã, diante do Vizela, e uma vitória irá colocá-lo ao lado de Alan.

Antes de se juntar à Seleção Nacional para a dupla jornada da Liga das Nações, frente à Chéquia (dia 24) e Espanha (dia 27, em Braga), Ricardo Horta espreita dois novos marcos históricos no clube.

O capitão de equipa está a apenas um jogo de completar 200 pelos arsenalistas, o que deverá verificar-se já amanhã, diante do Vizela, e uma vitória irá colocá-lo ao lado de Alan.

O ex-jogador, que agora desempenha o cargo de diretor de Relações Institucionais, somou 115 triunfos em 230 partidas da Liga, e o seu registo (o melhor da história do Braga) está agora ameaçado por Horta ao cabo de "apenas" 199 jogos.

Trata-se, na verdade, de um número significativo de jogos disputados no principal campeonato português, não havendo outro jogador do atual plantel bracarense com número igual ou superior - o guarda-redes Matheus é o segundo jogador com mais partidas acumuladas pelo Braga no campeonato (168).

O resto já se sabe: há algum tempo que Ricardo Horta se tornou no melhor marcador de sempre da história do Braga (superou as marcas de Chico Gordo e Mário Laranjo), contabilizando nesta altura 97 golos.