Premium Uma história de premonições e tristeza revelada no festejo de Fransérgio

Uma história de premonições e tristeza revelada no festejo de Fransérgio
Pedro Marques Costa

Tópicos

Francisco América Barbosa regressou a Portugal para ver o filho jogar e... marcar. Fransérgio fez questão de festejar com o progenitor, que tinha adivinhado o golo frente ao Tondela, o primeiro da época...

Fransérgio regressou neste domingo aos golos, depois de uns intermináveis 507 (!) dias sem festejar. O remate cruzado do médio, já nos descontos do segundo tempo (96"), serviu, no plano coletivo, apenas para engordar os números de um triunfo tranquilo sobre o Tondela (3-0), mas, na altura, o momento ganhou especial relevância pela forma como o brasileiro celebrou: depois de marcar, Fransérgio olhou para a bancada, apontou, e chamou um senhor, com quem partilhou abraços prolongados e um festejo emotivo.

Pois bem, esse senhor é Francisco América Barbosa, o pai de Fransérgio, que veio a Portugal visitar o filho quase dois anos depois da última viagem feita ao nosso país.