Abel revela conversa ao intervalo e fala em "perguntas mágicas"

Abel revela conversa ao intervalo e fala em "perguntas mágicas"

Abel Ferreira abordou o triunfo do Braga sobre o Nacional na estreia no campeonato

Concentração: "Quando estamos juntos, tudo fica menos difícil. Tivemos um apoio tremendo da massa associativa, em todos os momentos do jogo. Esta equipa, quando se concentra única e exclusivamente nas suas tarefas defensivas e ofensivas, cria muitas oportunidades de golo. Não é de hoje".

Palavras ao intervalo: "O que lhes disse ao intervalo foi que os erros fazem parte do jogo e temos de saber conviver com eles. Refocar nas nossas tarefas, no nosso plano de jogo, voltar a ter um ataque posicional muito forte, que foi o que nos faltou, porque quando temos o nosso ataque posicional conseguimos ligar seis, sete passes que precedem situações de jogo interior ou exterior. Nós criámos, desde o início"

Postura do Braga: "Esta equipa é assim, proporciona bons espectáculos. Também lhes digo que é importante, na que chamo zona vermelha, a zona um, risco zero. Mas, faz parte. Importante é aprender com os erros e fazer as três perguntas mágicas: o que é que isto significou para cada um dos nossos jogadores? O que aprendemos com isto? O que vamos fazer já no próximo jogo? Mas, mais uma vez, fica vincada a nossa força ofensiva, a postura da nossa equipa e, fica bem dizer isto, a postura do Nacional. Veio discutir o jogo, veio disputar o jogo pelo jogo e há que dar os parabéns por isso. Só assim é possível chegar à baliza do adversário, fazer golos, e parabéns, também, porque nos criou muitas dificuldades e foi um grande adversário, hoje".