Hassan quebra jejum que durava há quase um ano

Hassan quebra jejum que durava há quase um ano

Depois do azar da época passada, na qual foi prejudicado por duas lesões, o avançado egípcio reapareceu inspirado na Luz, ao marcar o único golo do Braga, o primeiro deste campeonato.

Hassan recuperou a felicidade de voltar a marcar. O avançado egípcio não fazia golos há quase um ano e anteontem no Estádio da Luz, perto do intervalo do jogo da jornada inaugural do campeonato, reduziu a desvantagem do Braga diante do Benfica que marcara dois golos nos primeiros 30 minutos. Um golo que não chegou para evitar a derrota da equipa de Abel Ferreira, mas que teve na realidade um significado muito especial para Hassan. Desde 28 de novembro do ano passado, quando fez o segundo golo na goleada, por 6-2, sobre o Feirense, que o internacional egípcio não tinha oportunidade de festejar. Depois de uma época em que foi prejudicado por um problema físico, Hassan apareceu na Luz com disposição para fazer uma temporada de muito bom nível, quem sabe repetindo ou até ultrapassando o excelente registo da época de estreia nos bracarenses, quando marcou 15 golos em 46 jogos, com a particularidade de 11 terem sido assinados em 25 partidas do campeonato.

A época passada foi, de facto, particularmente, azarada para o avançado que no verão de 2015 foi contratado ao Rio Ave. Depois de ter participado, no final de dezembro, num jogo da Taça da Liga, contra os vila-condenses, Hassan foi para a CAN, onde chegou à final ao serviço da seleção egípcia (não saiu do banco no jogo decisivo contra os Camarões), regressou lesionado e só teve condições de voltar a jogar a 4 de março deste ano. Na receção ao Arouca, Hassan até fez uma assistência para golo, parecia estar de novo no caminho certo para uma ponta final positiva, mas o azar voltou a bater-lhe à porta e dessa vez com mais estrondo. O avançado foi operado à parede abdominal e as previsões de recuperação apontavam para um período mais longo, mas a verdade é que voltou na fase inicial da época cheio de vontade de mostrar ao jovem treinador do Braga que pode ser muito útil na frente de ataque.

Depois de uma pré-época em que nem sempre foi utilizado inicialmente, o avançado egípcio entrou para o lugar de Stojiljkovic a meio da segunda parte do jogo da primeira mão da terceira pré-eliminatória da Liga Europa, em Estocolmo, com o AIK. No encontro da segunda mão, Hassan foi titular pela primeira vez e, pelos vistos, convenceu o técnico de que está mesmo em forma para fazer parte das escolhas iniciais. A confirmação chegou anteontem, com o belo golo apontado na Luz, frente aos encarnados, e poderá ser um sinal do arranque para uma temporada ao seu melhor nível e com muitos golos.