Expulsão vale pedido de desculpa de Iuri Medeiros: "Se tiver consequências, assumo-as"

Expulsão vale pedido de desculpa de Iuri Medeiros: "Se tiver consequências, assumo-as"

Ala deixou, em Glasgow o Braga a jogar com nove elementos ao ser amarelado de forma seguida, num dos casos por críticas ao árbitro. Incidente será, disse Carvalhal, "alvo de resolução interna"

Expulso na visita do Braga ao Rangers, por acumulação, em pouco segundos, de amarelos, culminada com protestos, Iuri Medeiros mostrou-se arrependido, fez um pedido de desculpas e admitiu arcar com eventuais sanções internas do clube.

"Arrependo-me do que fiz, agi de cabeça quente e prejudiquei a minha equipa. Se tiver que ter consequências, assumo-as. Sempre dei tudo por este clube e sempre vou dar até ao último dia. Peço desculpa a todos os meus colegas, que não merecem, adeptos e clube", escreveu o jogador minhoto, na rede social Instagram.

Aos 105', Medeiros deixou o Braga a jogar com nove elementos (após expulsão de Tormena) ao ser amarelado por cometer uma falta e, logo depois, por criticar o árbitro, episódio que, segundo Carlos Carvalhal, "será alvo de resolução interna".

"São assuntos internos do grupo e do clube. (...) São situações irrefletidas, que serão alvo de resolução interna. Somos todos profissionais, estamos a servir o Braga, temos de dar o máximo campo", comentou o treinador do Braga, no pós-jogo.

O Braga, que terminou o jogo com menos dois jogadores, perdeu, por 3-1, no Ibrox Stadium, ante o Rangers, nos "quartos" da Liga Europa e disse adeus à prova.