Custódio: apenas seis jogos e mais uma mudança de treinador no Braga

Custódio: apenas seis jogos e mais uma mudança de treinador no Braga
Francisco Sebe

Tópicos

Custódio foi o terceiro técnico da temporada 2019/20 no Braga.

Foi com surpresa que, esta quarta-feira, surgiu o anúncio da saída de Custódio do comando técnico do Braga, feito por António Salvador em comunicado.

O treinador - terceiro da época na equipa principal dos minhotos (Abel Ferreira saiu ainda na pré-temporada) - deixa o cargo ao cabo de seis jogos oficiais, onde alcançou apenas duas vitórias (frente a Portimonense, ainda antes da paragem motivada pela pandemia, e Vitória de Guimarães), um empate e três derrotas, a última das quais no reduto do Rio Ave, por 4-3.

A decisão foi tomada na manhã desta quarta-feira e, de acordo com Salvador, pelo próprio Custódio, que sucedeu a Rúben Amorim ao leme dos arsenalistas.

Esta é, portanto, a terceira troca de treinador na presente temporada no Braga: Ricardo Sá Pinto começou a época e saiu em dezembro, dando lugar a Amorim. Com a saída deste último para o Sporting, no início de março, foi a vez de Custódio assumir o leme. O ex-internacional português durou cerca de quatro meses no cargo, três deles com o futebol parado.

O Braga deverá anunciar em breve o sucessor imediato de Custódio no banco da equipa principal.