Crislan chega ao Braga a apontar para a seleção

Crislan chega ao Braga a apontar para a seleção

Reforço do Braga foi entrevista pelo portal brasileiro Globoesporte. Fala de Liga dos Campeões, Liga Europa e até da boa impressão deixada pelo presidente António Salvador.

A escolha do Braga: "Foi uma opção minha. Na verdade, especulou-se muito sobre o próximo clube. As abordagens mais concretas que existiram foram do Corinthians e do Ponte Preta. Só que entre as duas, a mais certa era a do Corinthians. O meu sonho era ter um reconhecimento maior para depois sair do Brasil e, daqui a alguns anos, voltar e ter portas abertas. Porém, escutei um conselho de um grande amigo meu de que se tivesse a oportunidade de ir para fora do país teria mais oportunidades. No outro dia, fechámos com o Braga e meu coração se alegrou. É uma oportunidade para disputar uma Liga dos Campeões no futuro, uma Liga Europa... Considero que são coisas maiores e um passo para chegar a um destino maior, galgar coisas maiores, inclusive, seleção brasileira, que é meu sonho.".

A oportunidade: "Não poderia desperdiçar o momento. O sonho de jogar na Europa concretiza-se, realiza-se. Espero que possa jogar forte para conseguir os objetivos do clube, ser goleador e ser reconhecido pelo meu trabalho. Portugal é uma escola nova, espero juntar com tudo que tenho aqui, com o meu melhor. Agora é foco total."

O presidente do Braga: "Vi uma expressão boa quando o presidente do Braga falou sobre mim. Há três anos, desde quando jogava no Atlético Paranaense, eles tentaram me trazer, porém não deu certo por causa da ganância da outra empresa que tinha meu passe. Isso, porém é passado. Quando você vê um brilho nos olho da pessoa, sente-se bem. Então, nada como retribuir isso com golos para a torcida. Não existem palavras para expressar esse carinho.".

Promessa: "Vou mostrar um Crislan com raça, que não dá a bola por perdida. A ambição é de ser goleador , vai ser difícil porque em Portugal há grandes jogadores. Mas veja o caso do campeonato Paulista. Tinha grandes jogadores, mas mostrei meu bom futebol e fiquei entre os melhores, atrás do Ricardo Oliveira (Santos). Com dedicação e trabalho dia a dia, o resultado surge. Quero ser reconhecido por isso."