Carvalhal: "Quando houver uma maior equidade nos direitos televisivos..."

Carvalhal: "Quando houver uma maior equidade nos direitos televisivos..."

Treinador do Braga assumiu que a equipa minhota manterá como objetivo ficar, pelo menos, no quarto lugar da I Liga, justificando que a diferença orçamental em relação aos "grandes" impede dar "passo mais acima"

A que se propõe fazer esta época: "Vamos ficar mais fortes relativamente ao jogo de hoje. A curto prazo, recuperaremos sete jogadores. Na época passada, fomos finalistas de duas competições. Foi um ano muitíssimo bom, em termos globais, na minha perspetiva. Propomo-nos este ano, exatamente, a ir jogo a jogo e chegaro mais longe possível .Há adversários que estão mais fortes, fizeram um grande investimento nas equipas, como o FC Porto, Benfica e Sporting, bastante significativa em relação à ultima época. Como já disse o presidente e eu também, o quarto lugar é o objetivo mínimo do Braga. Tudo o que for abaixo disso, é uma época má para o Braga. Acima disso, é uma época excelente."

"Este é o nosso posicionamento natural dentro do futebol português. Também temos que criar mais valias para a equipa, vender jogadores, e ter engenho e arte para manter a equipa equilibrada. Quando houver uma maior equidade nos direitos televisivos, aí sim, o Braga poderá pensar em dar um passo definitivo mais acima. Até lá, as questões orçamentais, a capacidade de as equipas recrutarem jogadores, como o Sporting ao Braga, não peçam que estejamos no plano dessas equipas, pois não estamos. Agora, vamos à luta, tentar fazer o melhor possível e diminuir diferenças, como fizemos de forma brilhante na última época."

O Governo aprovou, em 25 de fevereiro, o decreto-lei que determina a comercialização centralizada dos direitos televisivos dos jogos da I e II Ligas, que será implementado até à época desportiva 2028/2029.