Braga sai em defesa de Shade Pratt e diz "não ao racismo"

Braga sai em defesa de Shade Pratt e diz "não ao racismo"

Shade Pratt, jogadora do Braga, denunciou um ato de alegado racismo.

Shade Pratt, jogadora da equipa feminina do Braga, recorreu esta quarta-feira às redes sociais para denunciar um ato de alegado racismo durante o jogo entre a formação arsenalista e o Cadima, em Cantanhede, no último domingo.

O Braga emitiu um comunicado horas depois a defender a atleta e pedir o fim do racismo. "A discriminação é, para este clube, um ataque intolerável às regras básicas que norteiam a nossa noção de sociedade e não passará sem a devida denúncia e a afirmação categórica do posicionamento que exigimos para o SC Braga", pode ler-se na nota.

Leia o comunicado na íntegra:

"O SC Braga tem uma história e uma identidade muito claras na defesa e na promoção dos valores que queremos para o desporto e para a sociedade.

Sabemos de que lado estamos, quer enquanto instituição, quer enquanto grupo de pessoas que se unem em torno de um símbolo e que partilham dos seus princípios.

Ser do SC Braga implica a valorização do outro, o respeito pela diferença e a luta intransigente por uma convivência que salvaguarde aquilo que defendemos para a vida em comunidade.

A discriminação é, para este clube, um ataque intolerável às regras básicas que norteiam a nossa noção de sociedade e não passará sem a devida denúncia e a afirmação categórica do posicionamento que exigimos para o SC Braga.

Com a coragem que lhe admiramos, a nossa atleta Shade Pratt decidiu tornar público um episódio lamentável e que já mereceu, da parte do clube, uma participação disciplinar para a Federação Portuguesa de Futebol, cujo histórico é também claro na defesa deste desporto enquanto veículo de aproximação entre as pessoas, qualquer que seja a sua origem.

A nossa atleta teve, desde a primeira hora, total apoio da estrutura do clube e das suas colegas de plantel. Um plantel multicultural, que cultiva o valor da diferença e que tem na diversidade uma das suas maiores riquezas, fator de união e de identidade comum que é também uma das razões do nosso sucesso enquanto clube e da nossa equipa feminina em particular.

Há momentos definidores que exigem das grandes instituições uma resposta firme: o racismo deve ser denunciado e combatido. O SC Braga e as pessoas que o fazem não deixarão de expressar o seu rotundo NÃO ao racismo e a toda e qualquer forma de discriminação."