Braga regressa às vitórias e Carvalhal diz: "Eu não sou assim tão trágico"

Braga regressa às vitórias e Carvalhal diz: "Eu não sou assim tão trágico"
Redação

Tópicos

Declarações do treinador do Braga, no final do encontro com o Tondela (3-1)

Jogo: "Era importante vencer. Era importante chegar mais perto do terceiro lugar. Nós podíamos ter feito melhor até ao momento, mas está-se a exagerar um bocadinho. Estamos na luta. A minha equipa está a criar rotinas novas. Alguns chegaram mais tarde, como o Leite, como o Chiquinho. Estas coisas não se afinam de um dia para o outro. A equipa teve essa maturidade, num contexto nada fácil. Ainda não tínhamos ganho em casa. Podíamos estar a ganhar ao intervalo. Mas na segunda parte fomos melhores. Tivemos sete ou oito oportunidades. Chegámos com naturalidade aos golos. Tinha que ser sofrido..."

Serenidade: "A equipa foi sempre serena, foi sempre personalizada. Correspondeu muito bem. Se há muitas coisas a melhorar? Há. Mas já demos um passo à frente. Estamos num clube como o Braga. Temos de fazer essa evolução a vencer, a ganhar jogos."

Expetativas: "Eu não sou assim tão trágico. Eu percebo as expetativas. Refleti. Tínhamos de olhar para esta equipa e não tentar fazer uma cópia. São jogadores diferentes. Voltámos a insistir numa ligeira alteração de sistema na primeira parte e mudámos ao intervalo. Estamos a trabalhar em duas dinâmicas. Estamos a tentar criar dinâmicas ofensivas, como criámos dinâmicas diferentes a defender no ano passado. Em função dos resultados, deveríamos ter ganho contra o Vitória de Guimarães."