Artur Jorge recorda Fernando Santos: "Sobre o Vitinha, digo que o trabalho compensa"

Artur Jorge recorda Fernando Santos: "Sobre o Vitinha, digo que o trabalho compensa"
Redação

Tópicos

Declarações do treinador Artur Jorge após o jogo da segunda jornada do grupo D da Liga Europa entre Braga e Union Berlim (1-0)

Sobre o jogo: "Considero que foi um triunfo tão difícil quanto justo. Foi um jogo muito equilibrado, entre duas equipas intensas, um jogo mais físico e menos pensado na primeira parte, por isso com menos oportunidades de golo, nós tivemos a do Banza para fazer o primeiro. Na segunda parte, com a entrada do André Horta e do Iuri Medeiros tivemos mais critério com bola. A equipa que começou foi para poder jogar esse tipo de jogo mais físico."

A chave: "A chave do jogo terá estado na eficácia, fizemos o golo e vencemos diante de uma equipa muito difícil de ultrapassar e competente. A equipa mostrou maturidade, mas também tem a ver com o que falámos com os jogadores. Tivemos uma solidez defensiva muitíssimo boa, não permitimos grandes oportunidades ao adversário, fomos uma equipa pragmática, discutimos o jogo conforme ele pedia e vencemos com mérito e justiça."

Um destaque: "Sobre o Vitinha, digo que o trabalho compensa. Seleção A? Ele faz parte da seleção sub-21, que é o patamar imediatamente abaixo. Hoje, o selecionador Fernando Santos disse que ele tem estado em destaque nesta fase do campeonato e poderá ser uma das opções para o Mundial'2022. Nesta altura, tudo lhe é possível, desde que ele trabalhe e queira."

Sete vitórias em oito jogos: "Aceito que as expectativas possam ser imensas. Temos tido o cuidado de, internamente, não entrarmos na onda de euforia. Estamos satisfeitos com o trabalho que temos feito, que tem exigido muito de nós e, com isso, temos tido os resultados que procuramos. Lutaremos em todos os jogos para ganhar.

Intensidade do futebol alemão/português: "Esse tema seria interessante para discutirmos, mas não é num pós-jogo que consigo resumir a minha ideia sobre isso. Também somos uma equipa intensa. Hoje, tivemos pela frente uma equipa igualmente intensa, que tem mostrado isso na liga alemã, mas fomos mais capazes para ganhar".