Artur Jorge: "Pizzi? Rumores não merecem comentários"

Artur Jorge: "Pizzi? Rumores não merecem comentários"

Declarações de Artur Jorge, treinador do Braga, na antevisão ao encontro em casa do Paços de Ferreira (sábado, 15h30), da 17.ª jornada da I Liga.

Expectativa para o jogo: "Vamos ter pela frente um adversário motivado por aquilo que foram os últimos jogos, por ter conseguido também a primeira vitória do campeonato, naturalmente sendo esse o momento que ambicionavam e procuravam há muito tempo. Isso vai fazer com que possam estar motivados para dar continuidade. Esperamos um adversário extremamente difícil, um adversário complicado que tem um valor maior do que aquele que tem demonstrado. Está motivado tal como nós que estamos numa sequência de resultados muito positivos e bons e vamos tentar capitalizar esse bom momento que estamos a atravessar para podermos ser capazes de lutar pela vitória e somar mais três pontos."

A jogar em casa, o Paços de Ferreira tem mais vitórias frente ao Braga: "Recordo-me que no passado recente, na altura em que estive como treinador interino, fui jogar a Paços de Ferreira e ganhamos de forma convincente, mas sei que vamos ter, seguramente, um jogo muito difícil. Mas estou convencido que vamos estar apoiados pelos adeptos do Braga que por ser uma deslocação próxima e a uma hora agradável, vão lá estar. Será mais um elemento para nos ajudar a fazer uma boa exibição e ganhar, embora saibamos que vai ser difícil e a história diz-nos que os jogos em Paços são difíceis para nós."

Jogo diferente após encontro na Taça da Liga: "Não diria que será um jogo completamente diferente porque há aqui algumas semelhança no que pode acontecer no jogo, mas o facto de o Paços ter outro treinador e até de naquele jogo já estarmos apurados para a fase seguinte, permitiu que o jogo fosse encarado de uma forma diferente por nós próprios, até porque tivemos a oportunidade de lançar jogadores, recordo a estreia do Pedro Santos. Um jogo onde tivemos oportunidade de jogar com a mesma ambição e determinação para o ganhar, mas aquilo que é diferente é que é um Paços diferente pela mudança de treinadores que tem ideias diferentes e porque conseguiu nos dois últimos jogos dois bons resultados."

Pizzi: "Tenho essa questão reservada para mim em relação ao que é o mercado. Rumores não merecem comentários."

Renovação de Pedro Santos: "Nós temos um plano estratégico e a nossa exigência será sempre de ganhar e de sermos cada vez mais competitivos; mas temos a capacidade de rentabilizar jogadores como foi o caso."

40 pontos em caso de vitória: "Queremos, de facto, somar 40 pontos e para isso vamos lutar, trabalhar e ter a humildade suficiente para ter o resultado que procuramos. Esses 40 pontos são a melhor primeira volta da história do Braga, sempre tive confiança no meu trabalho, percebo que no início podia haver alguma resistência, mas os resultados estão aqui. Esta é uma época de grande mérito e queremos dar continuidade."