Artur Jorge: "Mercado? Há sempre margem para acertos e saídas"

Artur Jorge: "Mercado? Há sempre margem para acertos e saídas"
Tomaz Andrade

Tópicos

Treinador do Braga diz estar satisfeito com o plantel, mas abre a porta a alterações no mercado de inverno

Jogo com o Casa Pia: "Já passou um mês desde o jogo com o Casa Pia [derrota por 1-0 na Pedreira], por isso será mais cómodo fazer a análise ao momento do Braga. Teremos que ser melhores do que o adversário e ser capazes de vencer. Esse é o objetivo, vencer e somar seis pontos."

Aposta na Taça da Liga: "Valorizamos esta competição, tal como todas as equipas, que diz muito ao Braga. Várias vezes marcámos presença na decisão da prova e ganhámos a competição em duas alturas. Mesmo na eventualidade de alterar o onze, ele será sempre forte, capaz de discutir o jogo."

Serdar por estrear: "Tenho um grupo de defesas centrais que me dá ótimas respostas e essa é uma parte da explicação para o Serdar ainda não ter jogado. Depois, trata-se de um jogador que tem margem de progressão e no qual apostamos a médio prazo. Ele está num processo de integração, apresenta dificuldades de comunicação e vem de um contexto diferente. Tudo leva o seu tempo. Mas penso que estamos a fazer as coisas bem feitas e com paciência, aferindo o que ele pode acrescentar à equipa."

Ausência de Vitinha com o Trofense: "O Vitinha chegou condicionado da seleção, falei com ele ao intervalo do jogo e disse-lhe que se não precisasse dele, o melhor era não utilizá-lo. Foi apenas isto. Ele não estava nas melhores condições e não havia necessidade de o utilizar. Para amanhã está convocado."

Abordagem ao mercado de janeiro: "Há sempre margem de acertos e também a eventualidade de saídas. Vamos ter de avaliar, mas confirmo já que estou satisfeito com o plantel. No entanto, estamos sempre preparados para ver sair alguém, mas também para possíveis chegadas. Faz parte do nosso trabalho ter uma base de dados com potenciais jogadores que podem ser contratados. Por que não pensar nisso? No entanto, é ainda prematuro abordar essa questão, até porque ainda não tivemos uma conversa de fundo."

Possibilidade de regresso de emprestados: "Essa possibilidade não está equacionada."