"Tinha mais propostas, mas quando surgiu a possibilidade de vir para o Boavista..."

"Tinha mais propostas, mas quando surgiu a possibilidade de vir para o Boavista..."
Redação com Lusa

Tópicos

As primeiras palavras de Robson Reis como jogador do Boavista.

O defesa brasileiro Robson Reis vai reforçar o Boavista por empréstimo do Santos até ao final da temporada, com opção de compra.

"Quero começar por agradecer ao Boavista pela oportunidade que me está a dar. Estou muito feliz por assinar por este grande clube. Tinha mais propostas, mas quando surgiu a possibilidade de vir para o Boavista não hesitei. É um clube com uma grande dimensão e muita história, uma vez que é o quarto clube mais titulado em Portugal. Estou muito confiante para esta temporada", expressou o central, ao sítio oficial dos axadrezados.

Robson Reis, de 22 anos, estreou-se como profissional no Santos e somou 12 jogos em 2021, após ter finalizado um percurso formativo iniciado no Osvaldo Cruz e no VOCEM.

"Podem esperar muita garra de mim. Se for preciso, sou daqueles que vai sair a sangrar do campo. Vou dar sempre o máximo em prol da equipa. Sinto que este espírito se enquadra na mística do clube. Estou mesmo confiante de que vai dar tudo certo", frisou.

Natural de Vitória da Conquista, Robson Reis vai ajudar a colmatar a vaga aberta no eixo da defesa do Boavista com a saída para os franceses do Troyes do equatoriano Jackson Porozo, que também tinha sido contratado ao Santos, a troco de 3,5 milhões de euros. "Já conhecia o Boavista. De vez em quando via alguns jogos do campeonato português, mas, depois, ainda fui pesquisar mais informações à Internet. Para além disso, o [Jackson] Porozo, com quem joguei no Santos, falou-me maravilhas do Boavista. Disse-me que era um clube espetacular, com um estádio lindo e adeptos apaixonados. Ele só me passou coisas boas e, por isso, ainda fiquei mais entusiasmado com este desafio", reconheceu.

As panteras, que terminaram a edição 2021/22 da I Liga no 12.º lugar, com 38 pontos, somam o quarto reforço para 2022/23, após o defesa Vincent Sasso (ex-Servette, Suíça), o médio Bruno Lourenço (ex-Estoril) e o avançado Salvador Agra (ex-Tondela).

"Estou muito empolgado para começar a época. Fiquei impressionado com o Estádio do Bessa. Estar no relvado até me deu arrepios e comecei logo a imaginar os adeptos nas bancadas. Quando se chega, percebe-se logo a grandeza desta instituição", finalizou.

O Boavista arrancou na sexta-feira a pré-temporada e realiza hoje o segundo e último dia de exames médicos e testes físicos, enquanto os treinos vão começar na segunda-feira.