Quatro opções na fila para mostrar que são mais-valias no Boavista

Quatro opções na fila para mostrar que são mais-valias no Boavista
Cristina Aguiar

Tópicos

Tomás Reymão, Luís Santos, Breno e João Oliveira na fila para mostrarem que são mais-valias.

Há no plantel do Boavista um quarteto de jogadores que os adeptos aguardam para ver em ação e são para a SAD valores para o futuro próximo.

Tomás Reymão é um deles e tem merecido visibilidade por via de breves declarações durante a suspensão da Liga. O médio de 21 anos está inscrito e pode ser utilizado pelo treinador se assim o entender.

"Temos trabalhado afincadamente para o primeiro jogo em casa", garante Reymão, não sendo certo que seja opção para a receção ao Moreirense, a 6 de junho.

A perspetiva de a bola voltar a rolar entusiasma, sobretudo, os jovens que evoluem no plantel. Além de Reymão, Daniel Ramos tem à disposição Breno, João Oliveira e Luís Santos, outras promessas a ganhar experiência nos profissionais.

João Oliveira teve a sorte de se sentar no banco de suplentes, quando Helton, o titular da baliza, se lesionou.

Neste lote de miúdos esteve Samuel Pedro, que jogou e logo se transferiu para os juniores do Benfica.