Petit e o jogo de Famalicão: "Eles querem reagir com um treinador novo..."

Petit e o jogo de Famalicão: "Eles querem reagir com um treinador novo..."

Declarações de Petit, treinador do Boavista, na antevisão ao jogo de Famalicão, marcado para as 20h30 de domingo.

Dificuldades para o jogo: "Quando há uma mudança de treinador há sempre uma reação. Focámo-nos muito no nosso trabalho e naquilo que tivemos de fazer estes 15 dias, com alguns jogadores que chegaram recentemente das seleções, com outros em dúvida, porque sofreram alguns toques no jogos-treino, mas acima de tudo os que vão jogar vão dar uma boa resposta. Queremos dar continuidade a este bom momento. Estes 15 dias de pausa serão bons ou maus, amanhã veremos, mas o foco passar por trabalhar e lutar pelos três pontos sabendo que vai ser um jogo extremamente difícil. Eles querem reagir com um treinador novo, mas nós olhamos muito para o que temos de fazer e esperamos amanhã continuar a dar uma boa resposta."

Yusupha: "O Yusupha já teve alta, tem trabalhado connosco e será opção para estar nos eleitos de amanhã."

Pessoas convencidas da qualidade de jogo do Boavista: "Nós trabalhamos para defender bem e atacar bem. Tentamos ser uma equipa equilibrada, temos os processos bem definidos para aquilo que é a nossa ideia de jogo. Esperamos que amanhã continue, queremos muito continuar nesta boa onda, trabalhar para conquistar os três pontos. Do outro lado também estará uma equipa que quer reagir, que joga em sua casa, com os seus adeptos, nós também vamos ter os nosso adeptos. Vai ser um bom jogo e esperamos dar uma boa resposta e chegar aos 18 pontos."

Pessoas rendidas: "É um Boavista diferente. Trabalhamos os jogadores individualmente para coletivamente serem muito mais fortes. A época passada foi exemplo disso. Fizemos uma boa época, dentro daquilo que foi a valorização dos jogadores. Estou contente e satisfeito, é um plantel que tem dado uma boa resposta."

O que permitiu esta paragem: "Foram cinco jogadores para as seleções, perdemos o Cannon por lesão. Fizemos três jogos particulares com equipas que nos permitissem continuar a evoluir o nosso processo de jogo e isso foi bom para os jogadores que não têm jogado, mantendo os índices competitivos. Deu para assimilar novas ideias, novos processos na equipa, sentimos a equipa feliz por estar na posição que está. Mas esta equipa é ambiciosa e quer sempre mais."

Lesionados: "Temos alguns jogadores com problemas, sobretudo no setor defensivo, que poderemos ter de mexer em algumas posições. Mas amanhã temos mais um treino, e poderão recuperar. Mas quem jogar vai dar uma boa resposta."